Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

Prosa poética de saudade inesperada

Que barbaridade!

Falta de inspiração!?