Agora!

Outrora alegre e feliz
Ela pensa agora:
O que é que eu fiz?
Outrora vivendo em paixão
Ela está ciente da situação
Preocupa-se com seu coração
Reticente, alienado
Por vezes despedaçado
Controle descontrolado
Segue sempre aprendiz
De tudo que a vida quis
Ou quiser proporcionar
A fim de ensinar
Encantar ou alegrar
Outrora somente flores
Agora ainda há
Lindas coloridas
Há de saber cultivar
Os sentimentos precisos
A se viver em paz
Ela sabe o que faz
Ela sabe de si

Comentários

Postagens mais visitadas