domingo, 10 de fevereiro de 2008

Asneira

Disse um palavrão
Soltou um arroto
Deu um peido (barulhento, silencioso ou choco)
Tirou tatu do nariz

Tudo isso também eu fiz
Você não!!!???
Ah deixa de bobeira!
Não agüento mais convenção!

Se todo mundo faz
Porque não pode falar?
Chega de aparência!
É melhor a transparência!

Eu não to de brincadeira
Apesar de parecer asneira
Quero qualquer assunto tratar!
A verdade é pra encarar!

6 comentários:

Leandro disse...

Que loucura esse texto a� debaixo heim?! Eu, particularmente, senti-me um merda, mas j� passou. Voltei a me conformar com a minha doce imperfei�o, porque s� os imperfeitos amam de verdade e se apaixonam enlouquecidamente, um imperfeito inconseq�ente... p� tu anda lendo Paulo Coelho?

CARLOS H. SILVA disse...

bom saberque continua escrevendo!!
legal!!!

Nina Sant disse...

bem... desculpe pelo desconforto!!!=) eu n ando lendo Paulo Coelho... jah li ha uns 4 anos... e n tenho preconceito!!! mas n posso dxar d dizer q tu xegou perto... a musica "balada do louco" da Rita Lee tava na minha mente no momento q escrevi... alias em muitos momentos... e os dois jah foram parceiros em muitos trabalhos... acho q temos opinioes em comum!!! mas perfeição... nenhum dos tres xegou perto!!! pod ter certeza!!!

Jogos disse...

...faz mais de um mês que fiz aquele comentário, teríamos entrado num embate talvez, se tu o tivesses respondido antes, foi até bom. Em suma, não gostei daquele texto, parece não ter nada a ver contigo, sei lá, parece que todo muito opta ter raiva, é a impressão que me deu...

Nina Sant disse...

tem a ver com um eu q talvez tu n conheça... n entendi teu comentario sb raiva... mas cada um com suas impressoes e opinioes... fike ah vontade!!!=)

Nina Sant disse...

bah! lendo novamente eu entendi teu comentario sb raiva... q coisa! demorei!=) a questão eh q todos nós temos um lado instintivo, natureza, mas, se kisermos, podemos controlar certos pensamentos. n kero ser ofensiva, qm controla todos seus pensamentos eh deus! o mais importante eh procurar ter consciencia dos nossos defeitos e tentar controla-los, n ker dizer q eles n vao existir, ateh pq muitas vezes n nos damos conta deles! abraço!